Speed test: Medir a velocidade da internet pode gerar economia na sua fatura

Você sabia que medir a velocidade da internet pode ser uma ótima chance de ganhar uma economia na sua fatura mensal? Por isso é importante que você estabeleça uma periodicidade frequente para fazer o seu teste. Mas como isso é possível? Eu pagarei menos pelo meu plano de internet? Se você estiver com o rendimento abaixo do esperado, a resposta é sim. Entenda como recorrer aos seus direitos.

Desconto no boleto

Em 2012 as regras para as prestadoras de planos de banda larga mudaram um pouco. Todas aquelas que não oferecerem no mínimo 20% da velocidade contratada pelo cliente deverão ressarcir seus usuários. Dessa forma então, todos aqueles que desconfiarem sobre o desempenho da conexão ou se sentirem lesados, têm o direito de solicitar descontos na fatura mensal, desde que comprovada a falta de eficácia do serviço contratado. Por isso é importante recorrer à sistemas que armazenem os dados dos resultados obtidos após a finalização do teste. Veja: Contratos de banda larga cresceram 0,46% em abril.

Então, por esse motivo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) recomenda que o speed test ou teste de velocidade seja feito utilizando as ferramentas disponíveis pela internet. A Entidade Aferidora da Qualidade de Banda Larga também possui uma plataforma gratuita. Se caso a velocidade estiver abaixo do esperado, você pode entrar em contato com a sua operadora, visto que a mesma deve oferecer em torno de 60% do plano contratado durante o mês.

Entretanto, a regra só vale para prestadoras grandes que possuem mais de 50 mil clientes, como a Oi, a Net, Vivo, GVT, Claro, Embratel e Sercomtel.

descobrindo a velocidade da internet

Desconto na Conta

Como faço para cancelar?

Se você perceber que o problema persiste e que sua operadora não está resolvendo, você pode apresentar o histórico dos testes de velocidade para solicitar o cancelamento do serviço, sem pagar multa.

Observar a velocidade de conexão é fundamental para que o consumidor compare serviços de diversas prestadores, e assim escolha o que mais lhe achar pertinente.

Como medir a velocidade da internet?

Acesse o medidor de sua preferência e clique em iniciar teste. O sistema vai verificar a velocidade e dar o resultado em Megabit por segundo (Mpbs). Depois da primeira medição, em geral o site armazenará seus resultados em um histórico que pode ser salvo e atualizado ao decorrer dos dias (Tanto no computador, quanto impresso). O histórico é importante para você provar a ineficiência do seu plano contratado, ou seja, que sua velocidade está abaixo do que você paga mensalmente. Neste texto explicamos detalhadamente como medir a velocidade da internet e quais são os dados importantes a serem interpretados (link de Como medir a velocidade da internet?)

A Anatel recomenta que o consumidor faça essas medições periodicamente para que se comprove a falha e a instabilidade da conexão.

Entre às 10 da manhã e às 10 da noite é o período de maior tráfego. Por isso a velocidade deve ser no mínimo 20% da contratada. A orientação é que se faça o teste em média, a cada duas horas.  Se mesmo assim o cliente perceber que a conexão está lenta, pode fazer a medição de velocidade a cada 30 minutos. Pois a partir deste tempo, já pode ser solicitado um desconto à operadora, de acordo com a Resolução 272/2001, Artigo 54.

As reclamações podem ser feitas na própria prestadora ou na Anatel, pelo telefone 1331.

Confira a velocidade mínima exigida de acordo com o pacote

Vamos aos exemplos:

1 MB – mínimo de 0,2 Mbps

2 MB – Mínimo de 0,4 Mbps

5 MB – Mínimo de 1 MB

10 MB – Mínimo de 2 MB

Como faço para calcular meu desconto?

Por exemplo, suponhamos que você paga R$50 por mês pelo seu plano para ter acesso a 24 horas por dia. Então tem um total de 720 horas por mês, certo? Se a conexão estiver abaixo do mínimo de 20% durante um dia inteiro, você terá um desconto de R$1,66. Para saber quanto você terá de desconto ao total, basta multiplicar o número de horas sem o serviço (24) pelo valor do plano (no caso do exemplo, R$50) e dividir pelo número de horas do mês (720).

Sendo assim (para um pacote de R$50):

1 dia sem internet : R$ 1,66 de desconto

2 dias sem internet: R$ 3,33 de desconto

3 dias sem internet no mês : R$5 de desconto

E por aí vai! Viu só como é fácil? Agora você sabe como medir a velocidade é importante para garantir uma economia na sua fatura, não se esqueça de fazer o speed test periodicamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *